O site e todo seu conteúdo é de propriedade privada e não é propriedade ou operado por qualquer órgão do governo.

FAQ

Qual é a diferença entre o RG e o CPF?

O Registro Geral (RG) ou carteira de identidade, como é muito conhecida também, é um número de identificação apresentado em um documento com dados pessoais emitido pelas unidades federativas do país, estados ou Distrito Federal.

O Cadastro de Pessoa Física, o que significa a sigla CPF, é uma inscrição da Receita Federal, pessoal e intransferível, de validade nacional que identifica o cidadão contribuinte. O número de CPF poderá ser emitido diretamente pelo site da Receita Federal ou por entidades conveniadas, como o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal ou os Correios.

Qual é a idade mínima para tirar o RG?

Umas décadas atrás, era comum que a primeira identidade fosse obtida pelos adolescentes, entre os 14 e os 16 anos. No entanto, isso não é uma regra. Cada vez mais, os pais e responsáveis resolvem solicitar o Registro Geral de seus filhos mais cedo. É comum, portanto, que crianças de 5 anos ou menos já tenham sua carteira de identidade.

Essa decisão muitas vezes é tomada para que se possa abrir uma conta bancária em nome da criança, realizar viagens ou apenas para ter acesso a serviços públicos sem precisar apresentar a Certidão de Nascimento.

Clique aqui para saber como tirar a identidade pela primeira vez

É preciso renovar a minha carteira de identidade?

A carteira de identidade normalmente não tem uma data de expiração pré-definida. Há casos em que o documento é emitido com validade por conta de alguma complicação na datiloscopia (impressão digital). Isso às vezes pode acontecer por alguma falha na digital do solicitante, por alergia ou manipulação de produtos químicos, por exemplo.

No entanto, é recomendável que a identidade não ultrapasse os 10 anos sem ser renovada. Isso porque, como se trata de um documento identificatório, muitas instituições exigem uma versão mais recente, por exemplo, o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ao conceder o benefício da aposentadoria.

Veja mais sobre renovação de identidade aqui

É possível viajar para os países do Mercosul apenas com o RG?

Como uma forma de facilitar a integração e a mobilidade de cidadãos dos países que compõem o Mercosul, é possível viajar portando apenas a carteira de identidade. Tanto entre os países-membros — Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai — quanto os associados — Chile, Colômbia, Equador, Peru e Venezuela —, é possível apresentar o documento ao viajar.

No entanto, é preciso estar atento à data de emissão de sua identidade. Para realizar a sua viagem sem problemas, é preciso contar com um Registro Geral de, no máximo, 10 anos. Essa exigência de segurança é para evitar que haja muita dificuldade para identificar passageiros em relação à foto do documento.

Posso plastificar minha identidade?

Há alguns anos, o processo de solicitar a identidade — seja a 1ª ou a 2ª via — tornou-se mais tecnológico. É preciso agendar um horário previamente pela Internet, e, uma vez no local, as digitais, a foto e a assinatura são coletadas digitalmente. Essa modernização dos processos confere maior agilidade e segurança.

Desde que a identidade passou a ser emitida com código de barras na parte interna como uma forma a mais de identificar a veracidade de dados como digitais, assinatura e fotografia, não é possível mais plastificar definitivamente o documento. O papel da cédula possui uma película plástica fina que protege os dados do cidadão. No entanto, é possível adquirir em qualquer papelaria um envelope plástico para proteger ainda mais seu RG, sem precisar plastificá-lo definitivamente.

Quanto custa tirar a identidade pela primeira vez?

Desde 2012, após uma decisão do Governo Federal, a emissão da primeira carteira de identidade é gratuita em todo território nacional. Essa medida promove uma facilidade a mais para que toda a população possa garantir esse documento obrigatório. Outras vias que sejam necessárias — por mudança de nome ou perda— exigem um pagamento de taxa, que varia de acordo com o estado.

Há, no entanto, leis que prevêem a isenção de pagamento da taxa em casos específicos.

É preciso agendar atendimento para obter uma identidade nova?

O agendamento prévio tem sido cada vez mais comum para a maioria dos serviços. Seja para renovar a carteira nacional de habilitação (CNH), tirar o passaporte ou obter um atendimento presencial na Receita Federal, por exemplo, é necessário agendar com antecipação.

Para tirar a identidade não é diferente. A maioria das capitais das unidades federativas já conta com o serviço de agendamento. Dessa maneira, o serviço pode ser mais ágil, seguro e com menor propensão a erros.

Saiba mais sobre o agendamento de serviços relacionados ao RG aqui

Roubaram meus documentos. Como faço para ter outra identidade?

Passar por uma situação de roubo ou furto pode ser traumatizante. Infelizmente, é algo que pode acontecer com mais frequência do que gostaríamos. Além de manter a calma e não reagir, é preciso dirigir-se à Delegacia de Polícia mais próxima para notificar o ato e obter o Boletim de Ocorrência (BO). Caso a circunstância não tenha sido violenta, é possível fazer o registro diretamente no site da Delegacia Virtual de seu estado.

Para solicitar uma segunda via do documento, será preciso agendar o atendimento no órgão emissor de onde você mora e dirigir-se ao posto na data marcada. Existe uma lei que isenta cidadãos que foram roubados de pagar a taxa para uma nova via. Compareça ao local com os documentos e o BO comprobatório do ocorrido.

Conheça os passos para obter a 2ª via de sua identidade

Sou estrangeiro naturalizado e gostaria de tirar a identidade. Como faço?

Os estrangeiros que vivem no país devem buscar os órgãos competentes para darem entrada nos trâmites de residência permanente de forma legal. Para os que já são naturalizados, basta apresentar o original e uma cópia do Certificado de Naturalização atualizado, depois de agendar o atendimento no órgão emissor responsável do estado em que vive.

Entenda o que fazer para obter a carteira de identidade para estrangeiros

O site e todo seu conteúdo é de propriedade privada e não é propriedade ou operado por qualquer órgão do governo.